Encomendações e Celebrações

Santo Amaro


Os doentes de coriza (catarro de fossas nasais ou tumores por ele provocados) intercediam junto de Santo Amaro para serem curados, também os donos de gado bovino quando os animais também sofriam dessa maleita. Padroeiro de casamentos, nas festas a honrá-lo é costume oferecerem-lhe chouriços e pés de porco. A chouriça com grelos não faltava na romaria de Santo Amaro, realizada em Carrazedo, lugar da freguesia de Cedrim, Sever do Vouga.


Em Zava (Mogadouro), no dia de Santo Amaro faz-se a festa da chouriça.



 

Santo Amaro

Santo António

Em Portugal Sobrenatural, Manuel Gandra diz-nos:”Na Pastoria (Chaves), quando uma porca está prenhe, a dona faz a seguinte promessa:”Ó meu Santo António bendito, se a minha porca não tiver perigo, nem ela nem os filhos, dou-te um porquinho; uma vez desmamado o bácoro fica destinado ao santo, pondo-se-lhe um guizo ao pescoço, quando o porco atinge um ano de idade, é vendido ou leiloado, revertendo o produto em benefício dele.”

Esta prática estendia-se a outras aldeias transmontanos. Por essa razão quando o guizo avisava da chegada do animal as mulheres diziam: lá vem o porco do santo.


 

 

Santo António

Santo Antão



É festejado a 17 de Janeiro, em plena época de matança e preparação dos derivados do porco. Sendo padroeiro dos talhantes, salsicheiros e porqueiros, alguma iconografia representa-o com uma campainha, bordão em forma de T (letra grega tau) e um porco-montês. Também é protector contra diversas maleitas entre elas a terrível lepra e o mal do fogo originada por um fungo do centeio.


Os criadores levavam os gados até às capelas ou santuários onde o Santo é venerado a fim de serem benzidos, as promessas são pagas com chouriços e toucinhos, além de ex-votos com a forma dos animais. As oferendas vão a leilão. Têm fama as festividades em honra do Santo realizadas em Colmeal da Torre (Belmonte), Teixoso (Castelo Branco), Sortelha, Benespera (Guarda), Moledo (Lourinhã), Óbidos romaria e feira dos Chouriços e Estremoz.

 


 

 

Santo Antão
São Sebastião

São Sebastião



A festa em honra deste popular e venerado Santo é no dia 20 de Janeiro, sendo invocado contra a doença dos porcos. É neste dia que se racham as orelhas dos suínos para não morrerem.


As esmolas dadas ao Santo na sua grande maioria são constituídas por chouriços, pernis e orelheiras do animal por ele protegido. As esmolas vão a leilão no dia da festa.